PALESTRANTES CONVIDADOS

Adriana Minor García

Historiadora da ciência pela Universidade Nacional Autônoma do México, onde obteve o doutorado summa cum laude em 2016. Sua tese foi premiada como a melhor tese de doutorado sobre estudos da América do Norte e também foi reconhecida com uma menção honrosa a melhor pesquisa de historia diplomática do México. No doutorado ela escreveu uma história transnacional sobre a trajetória nos Estados Unidos do físico mexicano Manuel Sandoval Vallarta e demostrou que ele desenvolveu um perfil como ator transnacional contribuindo no estabelecimento de relações entre a ciência daquele pais com o México e a América Latina, em especial durante a II Guerra Mundial. Além disso, ela tem feito pesquisas sobre a história das instituições de pesquisa física no México e sobre história de instrumentos científicos e cultura material. Sua pesquisa envolve uma interface das perspetivas da história da ciência, da historia diplomática e a historia transnacional, enquanto que seus interesse de pesquisa abordam a física no século XX, as relações científicas entre os Estados Unidos e a América Latina e a circulação de conhecimento, tópicos sobre os quais ela tem publicado artigos e capítulos em livros. Ela tem feito estágios de pesquisa no Brasil, Colômbia, Estados Unidos, e França. Agora ela é pesquisadora visitante de pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em Ensino Filosofia e História da Ciência, sediado no Instituto de Física da Universidade Federal da Bahia, e desenvolve um projeto de história comparativa sobre a pesquisa dos raios cósmicos no Brasil e no México entre a década de 1930 e 1950.

 

 

Alex Vieira dos Santos

Doutor e Mestre em Ensino, Filosofia e História das Ciências pela UFBA - Universidade Federal da Bahia/ UEFS - Universidade Estadual de Feira de Santana, bacharel em Engenharia de Produção Civil pela UNEB - Universidade do Estado da Bahia (2007), também possui licenciatura Plena em Construção Civil (UNEB-1999), com Especialização em Metodologia do Ensino Superior (UNEB - 2001) e Especialização em Mídias na Educação (UESB-2011). Professor - D-VI pela Secretaria de Educação do Estado da Bahia (2000) e professor Adjunto I na Universidade Salvador (UNIFACS - 2011). Supervisor do PIBID/UFBA - Física (2012-2017) e associado júnior da Academia de Ciências da Bahia (2016). Atualmente cursa a licenciatura em História pela Universidade Estácio de Sá e possui experiência na área de Educação, com ênfase em Métodos e Técnicas de Ensino, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de ciências, História das Ciências, popularização das ciências, CTS e inovações tecnológicas.

Caroline Mendonça Araujo Paixão

É doutoranda em Énergétique pelo Conservatoire National des Arts et Métiers (Cnam), Paris. Trabalha com desenvolvimento energético para motores a combustão turboalimentados. É licenciada em Física pela Universidade Federal da Bahia, Pós-graduada em Docência do Ensino Superior pela Faculdade de Tecnologia e Ciências - FTC. Trabalhou com experimentação em Ensino de Física no Projeto Ciência, Arte e Magia projeto de popularização da Ciência na Bahia do Instituto de Biologia da UFBA sendo bolsista FINEP, com História da Física no Brasil durante o período do regime militar no Laboratório de Ciência como Cultura (LACIC) do Instituto de Física da UFBA sendo bolsista CNPq.

 

Deivide Garcia da Silva Oliveira

 Doutor em Ensino, Filosofia e História das Ciências pela Universidade Federal da Bahia. Mestre em Filosofia da Ciencia pela Universidad de Valladolid e também é Mestre em Ensino, Filosofia e História das Ciências pela Universidade Federal da Bahia. Graduado em Filosofia pela Universidade Federal de Sergipe (2008) e graduado em pedagogia pela universidade estadual vale do acaraú (2005). É membro do grupo de pesquisa da ufs GE2C, do grupo Núcleo interdisciplinar de estudos e pesquisas da UEFS, e do grupo mente, realidade e conhecimento da UFBA. Também é líder do grupo de pesquisa na UFRB chamado: Grupo de Estudos em Filosofia, Ciência e Educação científica (G-EFFICIENTIA). Todos certificados pela instituição. Atualmente é professor Assistente efetivo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia-UFRB e ministra(ou) as disciplinas: Estágio Supervisionado -1 e 3, Didática Geral, Fundamentos da Filosofia, Filosofia da Educação, Ética, Metodologia do Trabalho científico, Introdução à Filosofia, e trabalho de conclusão de curso - TCC. Possui experiência com as seguintes áreas: Filosofia da ciência, Comunicação da Ciência, Filosofia da Educação e Educação científica. Os autores mais estudados na minha carreira foram:Galilei Galileu, Feyerabend, Kuhn, Popper, Lakatos. Ademais, possui interesses em temas de formação docente e formação de professor de ciências, ensino das ciências, Natureza da Ciência, História da Ciência e Multiculturalismo no ensino de ciências.

 

 

Mauricio Cavalcante Rios

Professor de filosofia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) pela carreira E.B.T.T, regime D.E, disciplina-Filosofia (desde 2009), ex-chefe do departamento de filosofia (2014 - 2016) e ex-coordenador da área de humanas (2011 - 2012) da mesma instituição. Doutorando pelo Programa de Pós-graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (PPGEFHC - CONCEITO 5/CAPES) - UFBA/UEFS. Mestre em Filosofia da Ciência pelo PPGEFHC da UFBA/UEFS (2014) com a dissertação "Thomas S. Kuhn e a Construção Social do Conhecimento". Orientador: Waldomiro J. Silva Filho. Banca: Waldomiro J. Silva Filho (UFBA), André Luís Mattedi Dias (UFBA) e Alberto Oscar Cupani (UFSC). Licenciado em filosofia pela Universidade Federal da Bahia (2005.2). Membro da 4s (Society for Social Studies of Science). Faz parte do grupo de pesquiss G-Efficientia (UFRB - Coordenador: Deivide Garcia). Faz parte do grupo de pesquisa Mente, Realidade e Conhecimento: Grupo de Investigações Filosóficas; da UFBA na linha de Mente e Conhecimento (2010 até o momento). Fez parte do grupo de pesquisa da UFBA REDPECT - Rede de Pesquisa Currículo e Trabalho (2004 - 2005 e 2007 - 2008). Fez parte do grupo de pesquisa do IFBA Campus Salvador GRAU - Grupo de Robótica e Automação (2008 - 2009); Foi professor substituto de filosofia e metodologia científica e da pesquisa do IFBA, magistério superior (2008 - 2009), já foi professor do SENAI- CIMATEC (2007) e CETIND (2007 - 2008), ensinou também na rede pública do estado da Bahia, ensino médio, na rede municipal e particular.

 

Ofélia Ortega Fraile

Professora adjunta na Licenciatura em Educação do Campo na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). Formada em Geologia pela Universidade Complutense de Madri - UCM (2000), diploma validado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Master en Comunicación Científica; (2003) pela Universidade Pompeu Fabra com especialização em Museologia Científica. Doutorado no programa de pós-graduação de Ensino e História de Ciências da Terra da UNICAMP com foco na formação de professores, na construção de currículos escolares contextualizados no lugar e na participação dentro da área de Educação em Ciência, Tecnologia e Sociedade. Atualmente coordena o curso de Especialização em Ensino de Geografia na UFVJM, foi formadora e orientadora no curso de Especialização Educação do Campo para o Trabalho Interdisciplinar nas Áreas de Ciência da Natureza e Matemática, coordenado pela UnB (2015-2016). Foi professora colaboradora do Mestrado de Formação de Professores em Ciências Naturais da Universidade Pompeu Fabra (2010-2012), assim como em outras instituições de formação continuada de professores de ciências (UNICAMP e UFSC). Na sua experiência profissional destaca a publicação de 7 obras de divulgação científica infanto-juvenil (2004-2001) parte delas traduzidas ao Português e ao Francês. Tem experiência na organização e implementação de atividades didáticas em museus de Ciência, como o Cosmocaixa de Barcelona (2003-2005) e o Palais de la découverte (2000-2001) e na exposição itinerante Observar e experimentar realizada a traves da parceria Oficina do Aprendiz/SESC-SC. Vem participando de atividades de extensão universitária no Núcleo de Estudos e Pesquisa em Serviço Social e Organizações Populares da UFSC como formadora desde 2011. Foi coordenadora dos processos educativos/comunicativos do projeto de extensão universitária A ASTRONOMIA E A FÍSICA VÃO À ESCOLA E À COMUNIDADE (AFEC) do Planetário de Observatório da UFSC, aprovado na chamada 85/2013 do CNPq. Na atualidade coordena a adaptação do projeto á Educação do Campo nos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (AFEC-VJM) Atua principalmente nos seguintes temas: Educação do campo; formação inicial e continuada de professores; ensino da ciência e tecnologia; educação CTS; educação para a participação; popularização da ciência; Educação a Distância.

 

 

Walker Antonio Lins de Santana

Doutorado (cursando) em Ensino, Filosofia e História das Ciências pela Universidade Federal da Bahia - UFBA (2015- atual), Mestre em Ensino, Filosofia e História das Ciências , pela UFBA (2006); Bacharel em Engenharia Civil pela UCSAL (1985), Graduado em Física pela UFBA (2002). Primeiro autor de artigo e capítulo de livro sobre a História do Laser no Brasil. Docente da UCSAL do Departamento de Estruturas, disciplinas Resistência dos Materiais II e Estática. Docente da UNIJORGE, curso de engenharia mecânica, disciplinas de Vibrações Mecânicas, Resistência dos materiais II e Mecânica II. Docente da UNIFACS 2012/2015, sendo nessa universidade professor adjunto, orientador de TCC e pesquisador do Núcleo de Pesquisa e Projeto em Educação à Distância voltado para formação de docente do ensino superior; membro de banca examinadora de programa interdisciplinar voltado para o desenvolvimento de protótipos e inovações em C&T. Professor substituto de física do IF- UFBA, 2003/ 2005 e 2009/2010. Leciona nessas instituições Vibrações Mecânicas, Resistência dos Materiais e Estática, Mecânica Geral, Mecânica dos Sólidos, Mecânica dos Fluidos, e Físicas I, II, III e iV. Autor dos projetos pedagógicos: Suporte Pedagógico em Resistência dos Materiais I nos Cursos de Engenharia; Ensino e Aprendizagem em Resistência dos Materiais II e Resistência dos Materiais Avançada nos cursos de Engenharia. Autor de projeto interdisciplinar sobre a Ciência e a Paz. Em 2013 é citado na apresentação do III ENBRAER - Encontro Brasileiro de Espectroscopia Raman, por historiar o espalhamento Raman no Brasil, cujo evento internacional foi para celebrar o 20º aniversário da primeira tese de doutorado em física da UFC Universidade Federal do Ceará, conforme ;http://www2.fisica.ufc.br/ayala/enbraer/index.php/pt/apresentacao1>. Palestrante do 25th International Congress of History of Science and Technology, RJ, Brasil, 2017.

 

 

Wanderley Vitorino da Silva Filho

Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências da Universidade Federal da Bahia, tendo como linha de pesquisa História da Ciência, em particular, História da Física e História da Física no Brasil. Realizou estágio de pesquisa de doutorado na Université Paris 7 - Dennis Diderot. Mestre em Ensino, Filosofia e História das Ciências pelo mesmo programa. Licenciado em Física pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Apoio:

Realização: Grupo de pesquisa em Entendimento, Tradição e Linguagem (CETENS/UFRB)

e Grupo de Estudos de Fiilosofia, Ciência e Educação Científica - G.efficientia  (UFRB/CCAAB)